Trilha Sonora de Rock Story
Música: Far From Alaska Ft. Scalene - Relentless Game - Música para ouvir, letra e clipe.
Tema: Geral
Novela: Trilha Sonora da novela Rock Story
Gênero: Rock
CD: Rock Story - Internacional
Letra da Música

Relentless Game
Far From Alaska

Spent my living
Feeling blue
Full of boundaries
Like I was taught to
Spent my living on my own
Feeling sorry
For what I've become

Catatonic
White blank page
No aim, no goal
Walking in a maze
And I kept going
Like a fool
Faking cool lines
Like I had a clue

Now I'm walking
In my own shoes
Down the path that
Life's forced me to
Then I could see
My future self
Caring no more
'Bout this living hell

Break me, take me
Relentless game
Cause I'm not the one
I was before and now I claim to
Live and die among the rest

Break me, take me
Relentless game
Off the chains I go, release
My soul and drown myself
In tides of what is truly new

The world's weight on my back
And I'm not going back home
In my journey I craft
The love, the joys of tomorrow
(I'm not going back home)

Break me, take me
Relentless game
Cause I'm not the one
I was before and now I claim to
Live and die among the rest

Break me, take me
Relentless game
Off the chains I go, release
My soul and drown myself
In tides of what is truly new

Spent my living
Feeling blue
Full of boundaries
Like I was taught to
Spent my living on my own
Feeling sorry
For what I've become

Tradução da Música

Relentless Game
Far From Alaska

Passei minha vida
me sentindo triste
cheio de fronteiras
Como eu fui ensinado
Passei minha vida sozinho
Sentindo pena
Pelo o que eu me tornei

Catatônico
Branca página em branco
Sem objetivo, nenhuma meta
Andando em um labirinto
E eu continuei
como um tolo
Fingindo bons caminhos
Como se eu tivesse uma pista

Agora estou caminhando
Em meus próprios sapatos
No caminho que
A vida me forçou
Então eu pude ver
Meu futuro eu
Sem mais inquietação
Sobre esse inferno de vida

Me quebre, me leve
jogo implacável
Porque eu não sou aquele
Que eu era antes e agora eu não pretendo
viver e morrer entre os demais

Me quebre, me leve
jogo implacável
Para fora das correntes eu vou, libertação
Da minha alma e me afogar
Em marés do que é verdadeiramente novo

O peso do mundo nas minhas costas
E eu não vou voltar para casa
Em minha jornada eu domino
O amor, as alegrias de amanhã
(Eu não vou voltar para casa)

Me quebre, me leve
jogo implacável
Porque eu não sou aquele
Que eu era antes e agora eu não pretendo
viver e morrer entre os demais

Me quebre, me leve
jogo implacável
Para fora das correntes eu vou, libertação
Da minha alma e me afogar
Em marés do que é verdadeiramente novo

Passei minha vida
me sentindo triste
cheio de fronteiras
Como eu fui ensinado
Passei minha vida sozinho
Sentindo pena
Pelo o que eu me tornei

Comentários